Esmalte da Semana – Mediterrâneo da Anita

IMG_20170728_162957.jpg

           Olá Raposinhas!

          Hoje o esmalte da semana é o Mediterrâneo da Anita. Ele tem essa corzinha vinho bem intensa e eu ganhei ele, junto com outro (que ainda farei resenha aqui), da minha sogra. Ela havia feito uma bolsinha para guardar esmaltes e aproveitou e me deu alguns. Nunca tinha usado nenhum esmalte da Anita e pra falar a verdade eu nem sabia que existia.

      Ele é um pouco maior que a maioria dos outros esmaltes. É pesadinho, gostoso de pegar (se é que isso pode ser encarado como uma qualidade). Tem ativo vit nail para fortalecimento para evitar que a unha se quebre com facilidade. Achei ótimo quando descobri isso, já que minhas unhas vivem lascando e eu preciso tomar um remédio manipulado para deixa-las mais grossas.

       A textura dele é beeem grossa. Eu só passei uma camada e foi suficiente para cobrir tudo!

        Eu demorei quase duas semanas para tirar a foto e essa, como vocês podem ver, está com uma falha no dedão. Mas o esmalte dura muito tempo na unha. Usei ele para ir a um casamento e desde então fiz várias coisas com a mão, lavei louça, limpei a casa e ele tá aí ainda. Levando em consideração que é escuro eu achei que ele dura bem. 

           Ele custa R$ 6,00 e vem com 10 ml. Eu gostei, vocês gostaram? Com certeza quando meus dois que tenho deles acabarem vou comprar outras cores. Aguardem resenha do Café Italiano.

           Beijos!

Anúncios

Bota ConfortFlex – Verdadeiramente Confortável

          IMG_20170728_162326555.jpg           Olá Raposinhas!

          Muitas marcas dizem trazer em seus calçados o conforto que você precisa no seu dia a dia, mas nem todas conseguem cumprir a promessa. Até mesmo a ConfortFlex (como já diz o nome) tem calçados bem duros e desconfortáveis. Eu experimentei algumas botas deles e consegui achar uma que eu realmente achei boa.

IMG_20170727_201016.jpg

       Eu precisava de uma bota que fosse extremamente confortável, pois vou usá-la na viagem que farei em Novembro na Europa. E quando você viaja pra um lugar tão lindo e grande o que você menos quer é ficar parado, não é mesmo? Daí você anda, anda mais um pouco e um pouco mais. Bom, já deu pra entender, né? Vou caminhar até meus pézinhos clamarem por um banco. Por isso precisara ser certeira na escolha da bota.

         Eis que consigo achar a melhor de todas. A referência dela é 1791305 pra quem estiver interessado em comprar e essa é na numeração 35. Às vezes eu calço 36 também, mas a 36 dela ficou folgada no meu pé e se tem uma coisa que me irrita é o calçado ficar descolando do pé quando eu estou andando.

     Quer uma dica pra comprar calçados certeiros e economizar dinheiro? Aí vai: experimento-os na loja física e procure o modelo e sua numeração para comprar na internet. É claro que nem sempre você vai achar o modelo ou sua numeração na internet, mas acho que vale a pena tentar. Eu na verdade nem ia fazer isso. Só estava pesquisando resenhas da bota mesmo (coisa que inclusive não achei), e acabei descobrindo que tinha um vendedor no mercado livre vendendo ela por 100 reais mais barato do que eu experimentei na loja. Aí fiquei animada e comprei (Paguei R$ 207,00). Chegou em 3 DIAS!!!! E eu nem pedi pra mandar por Sedex.

 

Detalhes: 

          Ela tem faixas elásticas na parte da panturrilha. Se você tiver uma panturrilha mais grossa ela se adapta ao tamanho.

IMG_20170727_200955.jpg

        E ela também divide entre a parte da frente e a de trás. Não entendi a função disso, mas achei um charme a mais pra bota. Talvez seja mais fácil na hora de guarda-la e coçar a perna (boa, né?). Mas também não fica evidente quando se está calçando.

IMG_20170727_200935.jpg

       O salto dela é de 3 cm e é interno. Mal dá pra notar. Só o suficiente para se sentir confortável. E tem um ligeiro metalzinho para diferenciar a extensão da bota e o salto.

IMG_20170727_200905.jpg

     Olha só pra esses desenhos! Lindos né? A na cor marrom também fica linda. Difícil escolher qual cor é mais bela.

IMG_20170727_201123.jpg

        Pelo que eu estava pesquisando essa bota não chega a ser um dos modelos mais novos da marca e a ConfortFlex tem modelos bem parecidos uns dos outros, mudando um pouco nos detalhes. Mas acredito que você tenha que experimentar pra ver se fica OK no seu pé, afinal, cada pé tem um formato. O que pode ficar bom pra mim pode não ficar bom pra você e vice versa.

          E aí? O que acharam da resenha de uma bota? Haha

         Beijos!

Primeira Hidratação depois do Corte de Cabelo

              Olá Raposinhas!

          Recentemente eu cortei o meu cabelo e havia postado tudo sobre ele aqui. Comentei que não estava gostando do Long Bob e optei pelo corte tradicional mesmo. Eu havia dito que tinha amado o corte novo, porém depois que o arrumei pude notar algumas falhas, principalmente na parte da franja. Mas eu não posso reclamar muito, pois escolhi economizar no cabeleireiro. Não estava afim de pagar 80 reais num cortezinho simples e nem posso querer muita coisa em um de 30 reais. Então tá bom.

IMG_20170715_171140.jpg

Aproveitando o buquê na foto, antes que morra hehe!

          A misturinha que eu fiz foi um pouco de Dream Cream, Novex, Yamasterol e alguma gotinhas de Óleo de Rícino da Salon Line. Eu estava fazendo hidratações semanalmente com o Morte Súbita, mas comecei a perceber que meu cabelo estava ficando muito rígido e pouco sedoso, então mudei os planos. Decidi cuidar do cabelo dessa vez com cremes hidratantes e nutritivos. E deu certo!

            Veja as fotos:

IMG_20170715_145841
Antes (as pontinhas estão com umectação da noite anterior)
IMG_20170715_145521
Durante (com a misturinha na cabeça)
IMG_20170715_192833
Depois de seco com o secador (He-man!)
IMG_20170715_192424
Agora sim! (depois da chapinha milagrosa)

IMG_20170715_192359IMG_20170715_192341IMG_20170715_192324IMG_20170715_192302IMG_20170715_192124IMG_20170715_192143IMG_20170715_192243

IMG_20170715_192047
A parte de trás só ficou bonita presa mesmo

          O cabelo ficou bem macio, molinho e brilhoso. Adorei. O que acharam? Deixa seu comentário aqui em baixo.

           Beijos!

Dica de Livro: Quatro Vidas de um Cachorro

            Olá Raposinhas!

          Hoje a dica de leitura é de um livro que está na lista dos Best-Sellers: Quatro Vidas de um Cachorro. Gente, eu juro que não li esse livro só pra fazer a resenha. Eu realmente queria ler desde que eu fiquei sabendo que ele existia. Amo cachorros e tudo quanto é livro de cachorro eu leio. Se eu já li Marley & Eu? Claro! Pedi de presente de Natal, aliás. Quando eu fiquei sabendo que ele iria se transformar num filme fiquei louca. Imagine só!

      Bom, mas Quatro Vidas de um Cachorro conta a história de um cão que reencarna 4 vezes. Acho que é meio óbvio, né? E esse cachorro tenta descobrir o seu propósito para sempre reencarnar. A história é contada pelo olhar do cachorro e não dos seres humanos. Então muitas coisas que acontecem o cachorro interpreta de uma maneira totalmente diferente do que realmente é, fazendo a história se tornar divertida. Não diria que é um livro engraçado, mas se você gosta de cachorro com certeza vai gostar desse livro e até ficar se perguntando como seu cachorrinho pensa.

          O autor do livro é o William Bruce Cameron e ao contrário do que muitos pensam ele foi lançado em 2010. Ele não é um livro tão novo assim, apesar de ter ficado conhecido somente agora.  Bruce também tem outros best sellers lançados que nada tem a ver com animais. Mas voltando a Quatro Vidas de um Cachorro, ele tem 288 páginas (consideravelmente pequeno) e eu consegui ler em 4 dias (li uma vida de cachorro por dia, haha. Brincadeira).

        Esse livro tem algumas semelhanças com Marley & Eu, como a raça do cachorro, Golden Retrivier e o seu nome dessa respectiva vida; Bailey. Porém eu não tenho a menor ideia se foi proposital ou mera coincidência, da parte do autor. Também não achei melhor que o livro do Marley, mas gostei bastante. É bem emocionante e bonitinho.

               Beijos!

Cortei o Cabelo! (…) de Novo

IMG_20170713_233512.jpg     

     Olá Queridas Raposinhas!

          Cortei o cabelo de novo, gente. Vocês devem estar se perguntando “Mas Lih Petit, você desistiu de ter cabelo longo, do projeto Rapunzel, de ter o cabelo batendo no bumbum?” e eu respondo: JAMAIS! Eu apenas acertei aquele corte horroroso que muitos chamam de Long Bob. Mas calma, o Long Bob não é um corte feio. Ele é simpático, curti ele no começo, me deus alguns dias de alegria e me fez sentir A Diferentona. O problema é que esse Diferentona acabou de tornando chato e eu não consegui me adaptar. Pra quem usou o corte tradicional (tradicional pra mim, né) de longo atrás e repicado na frente a vida inteira, é difícil se adaptar a um corte diferente. Para mudanças radicais como a tintura eu sou bem destemida. Já pintei de preto, ruivo, fiz mechas de 3 cores diferentes, descolori ele inteiro… Mas para cortes de cabelo acabo sendo bem tradicional e conservadora. Então foi isso o que aconteceu.

Uma Breve História do meu Cabelinho:

          Bem, vamos começar no dia em que eu fui para a praia. O cabelo estava ruivo e comprido como nunca. Eu sou daquelas pessoas que se vai entrar no mar tem que molhar o cabelo. E molhei. Diversas vezes. Depois de 1 semana e meia de muito sal na cabeça, mesmo fazendo hidratações religiosamente todos os dias eu comecei a hidrata-lo em casa com o cronograma capilar. Só que ele estava muito detonado e eu estava gastando horrores com creme. Chegava a gastar um potão por mês só de máscara de hidratação e não conseguia deixá-lo saudável e agradável ao toque. O que fiz eu? Cortei. Mas não simplesmente aparei as pontinhas. Não! Porque mulher é um bicho foda. Fui lá e pedi pra mulher cortar ele na nuca! Pá! Cortou na nuca com long bob lindo e fizemos uma progressiva nele, afinal de contas, eu queria ele curto, mas sem parecer um capacete do Dart Vader.

          Então ele ficou curto, long bob e alisado. Esperei o cabelo crescer uns meses na esperança de que quando ele estivesse médio eu acertaria o corte, já que long bob fica mais bonito em cabelinho curto. Mas o que aconteceu é que eu fiquei muito frustrada enquanto esperava ele crescer. Todo mês era a mesma coisa; “Vou cortar ele esse mês! (…) Ah não, vou esperar crescer mais, se não ele vai voltar a ficar curto”. Até que ontem me deu a louca, peguei a tesoura do escritório e… Fiz uma bela de uma cagada no cabelo. Me enchi de tudo isso, catei o telefone e liguei pro cabeleireiro. No mesmo dia cortei ele e fiz escova. E tcharam! Aqui está ele: Curto, loiro, porém com o corte certo. Como sempre deveria ter sido.

          Vamos as fotos (a parte mais interessante):

         Passe a seta em cima da foto para ver a legenda

          Achei que ia me arrepender de corta-lo mais uma vez, mas não. Dessa vez eu gostei. E não acho que ficou tão curto quanto da primeira vez. Bem, estou feliz. Agora, pelo menos vou parar de sofrer enquanto ele cresce normalmente.

          Beijinhos!

#Devaneios com Lih Petit

IMG_20170710_194257.jpg     

     Olá Raposinhas!

          Não sei se vocês sabem, mas eu sou uma pessoa que gosta de pensar muito na coisas. Pensar na vida, nas coisas que acontecem ao meu redor, algo que vi, em tudo. E eu tenho muita necessidade de conversar comigo mesma, sozinha, com o espelho ou com as paredes, haha. Loucura? Talvez.

          Mas acho que seria legal transformar esses pensamentos hiperativos em escrita. Funcionaria como uma espécie de terapia e também seria de grande ajuda no meu português. Pode não parecer, mas eu não tenho tanta facilidade em escrever. Eu gosto de escrever e me esforço por conta disso, mas gostaria de me superar e escrever melhor. Foi aí que eu tive a brilhante ideia de criar uma série de textos intitulada #Devaneios com Lih Petit, na onde eu possa colocar o que eu mais tenho pensado ultimamente.

          Então espero que gostem. Beijos!

IMG_20170710_194237.jpg

Cuidados com a Pele Oleosa e com Acne

Best-home-remedies-to-remove-pimples-1024x727.jpg

“Ai meu Deus! Pontinhos!”

          Olá Raposinhas!

          Se tem alguém no mundo que pode falar sobre pele oleosa e ainda com acne esse alguém definitivamente sou eu. Tive acne a vida inteira, desde a pré adolescência na verdade, e mesmo hoje, com 27 anos de idade, ainda tenho. Poucas, mas tenho. Fiz tratamento com Roacutan, mas mesmo assim elas de vez em quando empipocam um pouco o meu rosto e as minhas costas. Às vezes eu até penso em fazer esse tratamento de novo, mas não sei se é possível.

          O ideal para quem tem acne é não cutucar o rosto, mas eu sinceramente acho que não existe ninguém nesse universo que tenha tanto autocontrole assim, principalmente quando elas estão branquinhas e implorando para você dar um empurrãozinho para tira-las dali.

          Levando em consideração a minha experiência de vida com essas benditas (ou malditas), eu elaborei algumas dicas de cuidados para nossas queridas e amadas cútis. Essa dicas podem não ser as melhores e mais indicadas, porém são diquinhas realistas:

– Higienize sempre as mãos: se você não tem o hábito de colocar muito as mãos no rosto melhor ainda. Assim você não vai levar sujeira para o seu rosto e entupir seus poros. Mas por via das dúvidas lave sempre as mãos pra tirar o excesso de sujeira da onde elas foram tocadas.

– Beba bastante água: a água leva embora as impurezas do sangue e faz “secar” a acne. Sabe aquelas espinhas com pus super aguadas? Então, a ingestão de água ajuda a deixar elas mais durinhas e não infeccionar tanto.

– Procure fazer atividade física: não precisa se obrigar a mudar seus hábitos em prol da pele, mas é sempre bom saber que atividades físicas ajudam na secagem das espinhas e fazem bem para a saúde em geral.

– Evite alimentos com alto índice glicêmico: mais uma vez, você não precisa mudar seus hábitos em prol da pele exclusivamente, mas é bom fugir de alimentos com muito açúcar, muito sal e muito óleo. Não está comprovado cientificamente que esses alimentos causam acne, porém é evidente que influenciam no surgimento das mesmas.

– Use protetor solar com baixo fps: quanto mais alto o fps mais oleosa é a formulação do protetor. E óleo é o que a gente menos quer nessas horas. Procure protetores faciais com fps 30 e se esconda do sol sempre que possível.

– Higienize o rosto no mínimo 2 vezes ao dia: sabonete de enxofre é uma ótima dica. Ele é baratinho, você acha nas farmácias com facilidade, ele combate a acne, tem ação cicatrizante entre outras milhares de funções.

– Retire o excesso de oleosidade com um lenço: pode ser papel higiênico mesmo. É muito importante que não se lave o rosto toda hora que a pele ficar oleosa. Isso pode causar o efeito rebote e fazer com que a pele produza mais oleosidade ainda. Portanto lave a pele com um sabonete especifico para o rosto de manhã, a tarde e a noite e fora dessas horas, quando a pele estiver produzindo aquele óleo irritante, você retira o excesso com um papel, ok?

– Esfolie o rosto a cada 3 dias: esfoliantes tem que ser usados com cuidado. Quanto maior os seus grânulos mais cuidado deve se ter. Eles servem para tirar as células mortas da pele, mas se usados com muita frequência deixam a pele sensível e não diminuem em nada a acne.

limpeza-de-pele-caseira.jpg

Yes, pele limpa!

          Bom pessoal, vamos lembrar aqui que essas são dicas de alguém que tem anos de experiências com acne, mas é sempre aconselhável procurar um dermatologista para resolver o seu problema, ok?

          Beijos!